Mural: o primeiro dia de aula

Eu tinha esperanças de que, se não todos, pelo menos a maioria dos estudantes que me garantiu que estaria aqui para a primeira aula fosse aparecer.

A “Folha de São Paulo”, o jornal em que estou hospedado, conta com 12 computadores na sala de treinamento a que tive acesso. Infelizmente, a sala maior, com 14 máquinas, estava sendo usada pelos trainees da própria Folha e não estava disponível.

Mas confesso ter me surpreendido quando, contrariando o meu ceticismo, começou a chegar um bom número de gente. Pela manhã, contamos com 18 pessoas. Na parte da tarde, mais duas alunas apareceram.

Minha expectativa era de que fôssemos, talvez, quem sabe, de repente, estourar a capacidade da sala, se todo mundo que falou que iria pintar aparecesse de fato. Mas eu não estava contando com a presença de 20 pessoas.

Mesmo tendo que se apertar um pouquinho, os alunos pareceram animados e envolvidos ao longo das mais de cinco horas de aula, mesmo tendo que compartilhar computadores e de termos precisado ligar não apenas um, mas dois aparelhos de ar condicionado, porque somente um não estava dando conta do recado.

O que se viu

O conteúdo trouxe de tudo um pouco:

O “feijão com arroz” do jornalismo (lide, estrutura e desenvolvimento).

Falamos um pouco sobre ética jornalística, mas esse é um tema que ainda será retomado.

Realizamos um debate sobre o uso de múltiplas fontes em uma notícia (usando como exemplo – para o bem e para o mal – a cobertura da operação policial na comunidade de Paraisópolis, em fevereiro de 2009).

Houve uma breve disscussão sobre o que se entende por “jornalismo cidadão”, outro tema que ainda iremos retomar.

E brincamos um pouco com as câmeras Flip que usaremos ao longo do curso, em exercícios e na realização de reportagens.

Era para ser dever de casa, mas…

Eu havia bolado um dever de casa que consistiria em preencher uma planilha de forma colaborativa, com informações diferentes sobre os diversos órgãos públicos que desempenham funções em áreas periféricas de São Paulo.

Mas antes mesmo de eu dizer que a tarefa era para o lar, muita gente já começou a preencher todos os quesitos, responder qual era a atribuição das diferentes instituições designadas para cada aluno, seus principais dirigentes e os contatos de seus assessores de imprensa.

Acabei tendo que adaptar, esse dever de casa se transformou em criar uma pauta sobre um tema qualquer ligado ao bairro de origem de cada aluno em que o órgão público que caiu para cada um fosse a fonte principal da pauta. Foi um mal que veio para bem. Acabou se tornando um exercício mais prático e mais desafiador.

Houve também um segundo dever de casa, que consitiu em escrever um obituário com base na letra de um rap do grupo Detentos do Rap, cujos membros estão presos em uma prisão de São Paulo.

Vamos nos encontrar novamente no próximo domingo. Alguns estudantes que não puderam comparecer hoje, disseram que certamente comparecerão à próxima aula.

Se for assim mesmo, vamos ter que usar uma sala de aula maior, dividir computadores ou fazer com que alguns alunos alternem atividades ao ar livre com outras em sala de aula.

Mas não sou eu que vou reclamar do elevado comparecimento. Se o pessoal está gostando, para mim, quanto mais, melhor.

Esse post foi publicado em Dicas. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Mural: o primeiro dia de aula

  1. Joildo Santos disse:

    Pois é chefe, não pude ir, mas o conteúdo me pareceu bem interessante, poderia elaborar um pouco melhor o tópico que fala da cobertura do fato que ocorreu em Paraisópolis?

    • brunogarcez disse:

      Oi Joildo, pois é, você fez falta, ainda mais porque foi um dos inspiradores deste exercício. Mas ainda vou te contar mais sobre como foi essa tarefa. Pretendo escrever um post só sobre isso, porque foi uma discussão que rendeu. Vamos nos falando.

      Um grande abraço!

      Bruno

  2. Realmente transcorreu na maior tranquilidade odia de Hoje
    Pudemos ter acesso a algumas ferramentas utilizadas, falamos um pouco de Ética Jornalística e seu uso ,analisamos tipos diferentes de texto Linha editorial entre outros… Domingão Tamo lá. Vlw Psor.

  3. Realmente transcorreu na maior tranquilidade o dia de Hoje
    Pudemos ter acesso a algumas ferramentas utilizadas, falamos um pouco de Ética Jornalística e seu uso ,analisamos tipos diferentes de texto Linha editorial entre outros… Domingão Tamo lá. Vlw Psor.

  4. Segue link do videozinho 50`da galera abç,

  5. Vanice Deise disse:

    QUE LINDO! PARTICIPAÇÃO TOTAL!!!!!!!!!

    MAS QUE HORAS COMEÇA A AULA NO DOMINGO?

    ATÉ DOMINGO A TODOS E TODAS.

    Vanice Deise*

  6. Pingback: Bruno Garcez: o que e pra quê Jornalismo Cidadão | Maria Frô

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s