Por que votar no Tiririca?

É a pegunta que muitos vêm se fazendo, o motivo pelo qual o humorista Tiririca deve sair consagrado das urnas neste domingo. Ana Paula Araujo e Cleber Arruda, do Mural, foram ao Ceagesp, em São Paulo, onde se depararam com alguns “cabos eleitorais” de Tiririca, mas com opositores também.

Esse post foi publicado em Anúncios. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Por que votar no Tiririca?

  1. Jailson "Jay" disse:

    PELAMOR…
    porque ele é pobre?!?! SERIO MESMO?!?!
    porque ele é gentil na tv?!? FALA SERIO!!!
    porque ele nunca foi nada?!?!?! ELE CONTINUA UM NADA!!
    artista consagrado??!?! WHAT?!?!?!!?!?

  2. Pingback: Tweets that mention Por que votar no Tiririca? | Mural -- Topsy.com

  3. gust disse:

    o povo vota porque é burro igual ele…

  4. Leoni R Dantas disse:

    O povo que votou no Tiririca pensa que a bancada dos parlamentares é igual a um circo, mas deixo um texto aqui para que vejam a importância do Deputado Federal.

    O que faz um Deputado Federal?
    Os deputados federais têm como principais responsabilidades representar o povo brasileiro, elaborar leis e fiscalizar a aplicação do dinheiro público. Também são prerrogativas da Câmara dos Deputados, entre outras coisas, a autorização para instauração de processo contra o Presidente e Vice-Presidente da República e os Ministros de Estado; a tomada de contas do Presidente da República, quando não apresentadas no prazo constitucional.

    Rotina do Parlamentar
    A rotina do parlamentar na Casa divide-se fundamentalmente em atividades em plenário e nas comissões. Os dias em que há maior atividade na Casa são terça, quarta e quinta-feira, quando há Ordem do Dia (votações) em Plenário e trabalho das comissões.

    A Ordem do Dia é o momento da sessão em que são analisados e votados os projetos em pauta. Elas acontecem nas tardes de terça-feira e quarta-feira, nas manhãs e de quinta e, às vezes, nas manhãs de sexta. Neste momento, o trabalho das comissões precisa ser interrompido e os deputados devem se dirigir ao Plenário. Nas segundas e sextas, acontecem as sessões ordinárias não-deliberativas, sem votações, mas com discursos dos parlamentares.

    As comissões
    As comissões são órgãos temáticos encarregados de discutir e votar projetos, promovendo, inclusive, debates com convidados. Elas podem ser permanentes ou temporárias. As primeiras, que somam 22, fazem parte da estrutura institucional da Casa. A mais importante delas é a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, pela qual passam todos os projetos. É nessas comissões que as matérias em tramitação na Casa é analisada e debatida pelos parlamentares. Muitos dos projetos em análise na Câmara não precisam ser votados pelo plenário, bastando a votação nas comissões. É o que se chama de tramitação em caráter conclusivo.

    As comissões temporárias podem ser especiais ou de inquérito – as chamadas CPIs. Elas encerram suas atividades ao término da legislatura, quando alcançado seu objetivo, ou se o prazo de duração dos trabalhos expirar.

    Nas comissões permanentes, que se reúnem em média duas vezes por semana, o deputado pode ser designado como relator de projetos. Nesse papel, ele deve apresentar um parecer pela aprovação ou rejeição do projeto, ou ainda um texto que irá substituir o projeto original (substitutivo). O deputado também pode requerer a realização de audiências públicas ou seminários com a finalidade de discutir temas de interesse da comissão.

    Será que os dois (o eleitor e o Tiririca) sabem disso?

  5. Pingback: Bruno Garcez: o que e pra quê Jornalismo Cidadão | Maria Frô

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s